Apoios:

Raid pela Serra de Sintra

Domingo, 20 setembro 2015
Pouca passava das 08:00 quando ecoou o toque de partida para mais uma volta de dez bem-dispostos Moukistas. O traçado foi desenhado pelo GPS Luís Pina e contemplava uma forte incursão pela Serra de Sintra, a subida à Pedra Amarela iria fazer parte deste traçado e seria o ponto mais elevado e mais vistoso do track, e foi...é privilegio nosso poder estar, durante alguns minutos, neste micro-lugar da serra a fazer a apreciação quer do Oceano Atlântico quer do muito arvoredo que emerge milagrosamente de qualquer fenda de rocha, o longo bosque é verde e espesso e fascina qualquer um de nós no momento de lazer e ócio domingueiro. Esta serra transpira magia em qualquer local e leva-nos há inspiração betetistica de superação, enfim uma dádiva da natureza que podemos auferi-la sempre que as coordenadas apontam neste sentido.
NÓS os Moukistas entramos na serra de todos os mistérios, depois de termos partido de Agualva LR, termos passado pelas hortas do Cacém bordeamos Fitares, viadutamos a IC19 para Paiões, atravessamos Ranholas e pouco depois, então sim, estávamos nos trilhos da serra, circundamos a lagoa Azul, esta primeira incursão levou-nos até à barragem do Rio da Mula, tínhamos pedalado 19Km, iniciávamos a grande subida do dia a cota era então de 170mt. teríamos de atingir os 395mt. nos três km seguintes, com raça, força e muito querer todos chegamos ao marco geodésico da Pedra Amarela.
Em pouco espaço de tempo fizemos o lanche matinal, conversamos e apreciamos tudo que os nossos olhos conseguiam alcançar, a foto de grupo é elucidativa do belo momento partilhado. Depois de algum descanso, iniciamos a descida de 6km, serra abaixo, impetuosamente havia que conter a velocidade, pois os deslizes e imprevistos a esta velocidade acontecem num ápice. Ganhamos entusiasmos e adrenalina, mas também ligeiros deslizes, o A. Luís ainda provou o amargo exfoliante de pele dos arenosos terrados da S. Sintra. Fizemos a aproximação a Malveira para logo depois imergirmos pelo sopé da serra, atravessámos a quinta do Pisão, entramos nos trilhos da Penha Longa, bordeamos o autódromo do Estoril, por aqui rolamos em alcatrão a bom ritmo, rapidamente alcançamos Albarraque e Rio de Mouro. Entramos na nossa cidade Agualva-Cacém eram 12:00 e tínhamos rolamos 47Km. Ainda tivemos tempo de tomar o refresco de cevada e meter alguma conversa-em-dia. Abraço até domingo.
“O Moukista sentado

1 comentário:

José Gonçalves disse...

Mas que voltinha durinha
subir da barragem do Rio da Mula até à Pedra Amarela não é fácil,
ainda bem que não fui, senão não conseguia aguentar o ritmo forte do Toninho:)

Abraço a todos e até à próxima